Componente da maconha alivia fobia social

ARARIPE CASTILHO
DE RIBEIRÃO PRETO

Um componente da Cannabis sativa –a popular maconha– é capaz de reduzir a ansiedade de pessoas que sofrem de um transtorno psiquiátrico conhecido como fobia social, diz um estudo da USP de Ribeirão Preto.

Não significa que o uso da erva sirva de tratamento para esse mal. A pesquisa analisou resultados apenas do composto canabidiol, em doses de 600 mg, pela via oral.

De acordo com o pesquisador Mateus Bergamaschi, que fez o trabalho como tese de doutorado, estudos anteriores já apontavam a redução da ansiedade, mas só em pessoas sem transtornos. O ineditismo da pesquisa, segundo ele, foi o uso da substância em universitários com a fobia social e que nunca tinham sido tratados.

“Observamos que apenas uma dose, de 600 mg, já foi suficiente para reduzir o medo dessas pessoas”, disse.

O estudo envolveu 36 universitários, sendo 24 com o transtorno psiquiátrico. “Vimos que o composto não produziu efeitos colaterais”, afirmou Bergamaschi.

Após duas horas da distribuição do canabidiol, as pessoas tinham dois minutos para elaborar um discurso sobre transporte.

A pessoa era informada de que o discurso estava sendo gravado. O voluntário tinha de se apresentar diante de uma câmera enquanto via sua própria imagem.  O próximo passo é avaliar o uso crônico da substância.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.